sábado, 31 de março de 2007

Caos Made in PT - Repercussão Internacional

Pelo argentino Clarin

La crisis que sufre la aeronavegación comercial en Brasil se agravó esta noche. Fue por el cierre de los 49 principales aeropuertos del país, en medio de un caos en las terminales por medidas de fuerza de los controladores de tráfico. Por la protesta, 18 de esos trabajadores fueron detenidos.

La estatal Infraero –encargada de administrar las terminales- informó que fueron suspendidos todos los despegues de vuelos en los aeropuertos, con lo cual quedó paralizada la actividad, salvo para el aterrizaje de aviones ya en vuelo.

El anunció surgió tras una amenaza de huelga de hambre y acuartelamiento con cese de actividades de los controladores, que reclaman mejores condiciones laborales. Las medidas se concretaron en varios centros luego que las autoridades exigieron deponerlas bajo pena de sanciones. Esto adelantó las paralización por lo que las autoridades aeronáuticas ordenaron el arresto de 18 de ellos que se habían amotinado y recluido en las instalaciones, informó la cadena Globo.

En salas de los aeropuertos quedaron varados miles de pasajeros, desesperados y furiosos con la situación, lo que incluso generó incidentes.

El sistema aeronáutico entró en crisis hace seis meses, cuando los controladores comenzaron a trabajar a reglamento para exigir la contratación de más efectivos y mejoras tras el peor accidente de la aviación brasileña, que en septiembre mató a 154 pasajeros de un Boeing 737 de la compañía Gol, la segunda más importante del país.

Pelo espanhol el pais

Los aeropuertos de Brasil ha vivido una noche de caos con la suspensión de todos los despegues por la huelga de controladores aéreos. No obstante, se espera que el asunto vaya solucionándose a lo largo del día ya que el Gobierno y los sindicatos han llegado a un acuerdo para poner fin al paro, que ha provocado graves problemas, con miles de pasajeros bloqueados en los aeropuertos. El comandante de la Fuerza Aérea ha ordenado arrestar a 18 controladores en Brasilia.

Ante la gravedad de la situación, el Gobierno se ha reunido con los representantes de los controladores y con los responsables de los aeropuertos y el encuentro ha servido para desbloquear la situación y que los trabajadores depusieran su actitud, según informa la cadena de televisión TV Globo. La cadena asegura que los huelguistas han obtenido mejoras salariales, la anulación de los traslados de controladores de Brasilia a otros aeropuertos y la apertura de conversaciones para la desmilitarización del sector aeronáutico brasileño, dominado al 90% por militares y que ha sido el desencadenante de fondo de la crisis. Así, los controladores deberán volver al trabajo esta mañana.

Sin embargo, el plante de los controladores ha provocado una noche de caos en los 49 aeropuertos principales del país. Infraero, la empresa estatal que administra los aeródromos, ha informado en un comunicado que los 49 principales aeropuertos del país quedaron cerrados desde las nueve de la noche (02.00 hora peninsular española). No se permitían los despegues, sólo los aviones en tránsito han sido autorizados a aterrizar y en los aeródromos sólo estaban autorizados los movimientos de ambulancias aéreas y vuelos de autoridades civiles y militares.

Unos 200 controladores han ocupado las instalaciones de Cindacta-1, el centro de control del tráfico aéreo de Brasilia y responsable de administrar el 75% del tráfico aéreo brasileño, en protesta por lo que califican como pésimas condiciones de seguridad en el sector y abuso de autoridad de la Aeronáutica. El comandante de la Fuerza Aérea, Juniti Saito, se ha presentado en el Cindacta-1 para ordenar el arresto de los controladores en huelga. En las ciudades de Salvador y Manaus los controladores incluso habían iniciado huelgas de hambre.

Los responsables de la seguridad diaria de miles de pasajeros son subordinados a la Fuerza Aérea, por lo que piden la desmilitarización del sector, aumentos salariales, menos carga de trabajo de acuerdo a las normas internacionales y mejoras en los equipos de seguridad y radares en las torres de control. Los chequeos de pasajeros fueron suspendidos en los mostradores de las líneas aéreas en los aeropuertos de las principales ciudades del país.

Pelo francês liberacion

Brésil: accord avec les contrôleurs aériens pour mettre fin à la grève
Le gouvernement brésilien est parvenu dans la nuit de vendredi à samedi à un accord avec les représentants des contrôleurs aériens pour mettre fin à la grève qui paralysait l'ensemble des aéroports du pays, a annoncé la télévision locale.
Samedi 31 mars 2007 01:23

O Caos Made in PT


No site da Gol há a seguinte informação:

"Atenção passageiros! Devido ao fechamento de todos os aeroportos do Brasil nesta sexta-feira (30/03/07), a Gol Linhas Aéreas pede que seus passageiros não compareçam aos aeroportos. Todas as remarcações serão feitas pela Central de Relacionamento com o Cliente sem cobrança de taxas e diferenças tarifárias. Não há previsão de retorno das operações. A Gol agradece sua compreensão."

Pelo G1

Cerca de 30 passageiros com passagem marcada para Belo Horizonte, em um vôo da TAM, invadiram uma aeronave que estava na pista do aeroporto de Brasília e só deixaram o local após negociação com a Polícia Federal. Os passageiros chegaram nesta sexta-feira (30) à noite na capital federal provenientes de São Luis (MA) e fizeram escala em Brasília.

O passageiro Paulo Henrique Amêndola Couto confirmou o episódio. Segundo ele, os passageiros se revoltarem após perceberem que o vôo sofreria atraso na manhã deste sábado (31), entraram no avião e só saíram após intermediação de acordo entre a empresa e a Polícia Federal.

Por conta do incidente com o avião da TAM, o Exército foi chamado para impedir que as pistas do aeroporto internacional de Brasília sofram novas invasões.


Pelo estadão

A situação continua caótica nos aeroportos de São Paulo, com longas filas de espera e vários vôos atrasados. O último boletim divulgado pela Infraero, às 8 horas deste sábado, 31, dava conta que, de 47 vôos programados, 11 estavam atrasados. No site oficial da Infraero, há registro neste momento de que às 9h37, dos 15 vôos com decolagem prevista no aeroporto de Congonhas - o mais movimentado do Brasil -, quatro tinham mais de uma hora de atraso.

Há contradições entre as informações divulgadas no painel do aeroporto, que indica vôos em atraso ou a confirmar, e os balcões das companhias aéreas, onde o passageiro recebe a informação de que não há vôo confirmado.

No balcão de check-in da Gol, as filas continuavam longas, com extensão de até 200 metros. A companhia continua solicitando que os passageiros verifiquem no site da empresa (www.voegol.com.br) se seus vôos estão confirmados antes de comparecerem aos aeroportos. As filas também são longas no aeroporto Juscelino Kubitschek, em Brasília e no Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

Em Curitiba, o aeroporto Afonso Pena está fechado para pousos e decolagens por causa de um forte nevoeiro. A Gol ofereceu a passageiros que embarcariam para Porto Alegre passagens de ônibus.

Pelo Blog do Josias

Munido de autorização presidencial, o ministro Paulo Bernardo (Planejamento) anulou todas as punições disciplinares que o comando da Aeronáutica impusera a controladores de vôo fardados nos últimos seis meses. Não tinha alternativa. Ou cedia ou não haveria nem pousos nem decolagens nos aeroportos brasileiros na manhã deste sábado (31).

Com a paciência esgotada por seis meses de um infrutífero lero-lero, o naco militar da mão-de-obra que bate o ponto nos centros de controle de tráfego aéreo levou a faca à garganta do governo. Embora fardados, exigiram negociadores civis. E impuseram uma condição. O civil não poderia atender pelo nome de Waldir Pires.

Além de aviões, a intervenção do civil Paulo Bernardo, o mesmo que prometera regular as greves em serviços essenciais, fez alçar vôo uma série de interrogações. Duas são mais incômodas: Qual é a serventia de Waldir Pires? O que restou da hierarquia militar?

Pelo Terra

"A paciência dos passageiros e a agilidade das companhias aéreas serão necessárias para refazer o que foi destruído pelo movimento", comentou o presidente da Infraero.

O brigadeiro defendeu, também, a possível instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o "apagão" aéreo. "Qualquer investigação é boa, desde que haja o que investigar", disse.

Segundo Pereira, os problemas enfrentados pelo setor não são os controladores, mas o sistema de controle de vôos, e investigações podem chegar a "boas conclusões".


Lula e Sua Obra

Na noite de ontem, o país que inventou o avião, ficou sem aviação comercial. Todos os 49 aeroportos brasileiros ficaram absolutamente fechados. Até o início da manhã de hoje, só levantava vôo no Brasil, mosquito da dengue e barata cascuda do PT. Se Santos Dumont estivesse ainda vivo, teria que criar outro meio de transporte. A grosso modo, nem o próprio presidente poderia voltar dos EUA, a não ser que o Lula molusco e dona Marisca voltassem a nado, pelo atlântico. É o ápice da única realização deste governo.

Os petistas vão logo dizer: mas o governo também fez coisas boas. Não é verdade.

Imaginemos que como médico eu ofereça algum tratamento a um paciente doente e este melhora. Os alvoroçados vão logo concluir que a melhora se deveu ao tratamento. Novamente, pode não ser verdade. O paciente poderia ter melhorado SEM o tratamento, POR CAUSA do tratamento, ou APESAR do tratamento. Disto isto, analisemos os fatos:

- A economia está estabilizada. O dólar barato, o risco Brasil abaixo de 170 pontos e Lula quer ser o responsável por tal. Mas, observem que o PT foi contra o plano real; foi contra a criação das metas de inflação por Armínio Fraga; foi contra a política de superávit primário de Malan; votou contra a lei de responsabilidade fiscal de FHC. Agora, o PT beneficia-se da obra dos seus opositores para galgar simpatia. Potanto, é forçoso concluir que a economia melhorou APESAR do PT ter sido contra.

- O álcool ressurgiu das cinzas e Lula quer aparecer na foto como o grande visionário do setor. O retorno do álcool se deve unicamente ao motor flex e esta foi uma criação da Magneti Marelli, sem um centavo do governo, com pesquisas iniciadas em 1999. Apesar de Lula ser um apreciador do álcool (etílico), há de se considerar que o retorno do álcool se daria SEM Lula.

- A crise aérea começou em setembro. Até aquela data, o setor era um orgulho nacional. Nossos índices de pontualidade e segurança eram similares - e algumas vezes superiores - aos índices europeus. Não existe falta de dinheiro no setor, já que as empresas pagam taxas altíssimas para poder operar. Portanto, trata-se de uma crise de falta de gerência. Lula colocou como ministro da defesa uma das pessoas mais incompetentes da república e mesmo quando este mostrou que em seis meses foi incapaz de, ao menos dizer, o que estava acontecendo, Lula resolveu mantê-lo no cargo. Sendo assim, o caos da aviação ocorre POR CAUSA do PT.

Caros leitores, não vamos discutir fatos que não se materializaram, como a criação do Conselho Nacional de Jornalismo, a expulsão do repórter americano, a lei do desarmamento, o controle da mídia. Todas essas foram tentativas frustradas - amém. A única realização deste sofrível governo atende pelo nome de "caos aéreo". Lula pediu e teve sua resposta com dia e hora. A crise acabou. Agora é o caos.

quinta-feira, 29 de março de 2007

PROGRAMAÇÃO

Acaba de ser divulgada a programação da Rede pública de TV:



6:30 MST Rural - Apresentação José Rainha e João Pedro Stédile

7:00 Quatro Dedos de Prosa - papo-cabeça com o Presidente Lula;

8:00 Moda Brasil - Apresentação Marisa Letícia, hoje com episódio sobre bolsas (família, esmola, bandido, etc);

9:00 Turismo Sexual - Com a sexóloga/ministra Marta Suplicy.

10:00 Filme: Apertem os Cintos, os Controladores de voô, as companhias aéreas e até o aeroporto sumiram - estrelando Valdir Pires e Grande Elenco;

12:00 PAC man - Estrelando Guido Mantega;

13:00 Casos de Polícia: Com Roberto Jefferson, José Dirceu, Delúbio Soares, Antônio Pallocci, o Churrasqueiro, etc, etc, etc.

14:00 A Escolinha do Professor Luizinho - Com o próprio;

15:00 Filme: Querida estiquei o PIB - com o ganhador do "oscar" - Lula da Silva

17:00 Sessão Contos de Fada: Episódio de hoje: "Nunca na História desse País" - Narração - Lulinha paz e amor

19:00 Pequenas Empresas Grandes Negócios - como ficar milionário em um mandato - A incrível História do monitor de Zoológico que se tornou mega-empresário do dia para a noite - Estrelando: Lulinha

19:30 "O gás acabou" com Evo Morales

20:00 Jornal Sensacional

21:00 Novela: "Páginas do Diário Oficial"

22:00 Filme: "Os bom companhêro" - Com Lula de novo

23:00 Mini-série: Voltas ao mundo em 8 anos;

00:00 Filosofando - Apresentação, Luís Inácio

2:00 Filme: "O Estado Sou Eu - A história de Luís XIII do Brasil" - Estrelando: é Lula de novo.

4:00 MST na madrugada - ao vivo do pontal do Paranapanema

"TV DO EXECUTIVO - 24 HORAS NO AR"
(quer dizer, se não houver pobrema com os controladores de voô)

APARTHEID

Não meus amigos, não me surpreendo mais.
Desses ministros do apedeuta tudo pode sair (e pior: sai mesmo).
Os comentários da tal ministra/secretária da igualdade racial, essa fulana da qual nunca ouvimos falar antes demonstram apenas o óbvio ululante:
A incrível capacidade de o Sr. Déspota de plantão nomear incompetentes para ocupar cargos criados, exclusivamente, com a função de deixar um "peitinho" do estado para seus "companhêro" mamar.
Imaginem vocês um país com o mínimo de consciência política por parte da população.
Nem precisa ir muito longe, lembrem do exemplos de nossa vizinha Argentina.
Ministra da IGUALDADE RACIAL declara que negros (ou deveria dizer afro-descendentes?) não tem obrigação de gostar de brancos.
Que beleza!!!!
Negros não tem que gostar de brancos.
Negros não tem que gostar de brancos.
Negros não tem que gostar de brancos.
O que esta criatura do submundo quer? Incitar um apartheid às avessas? Determinar uma segregação racial tupiniquim?
Talvez estejamos, cara meia duzia de leitores, diante da explicação para a tal política de cotas para ingresso nas universidades públicas, que em breve deverá estar assim:
30% para negros;
30% para alunos de escolas públicas;
10% para deficientes;
a cota do PT;
e o resto para a turma do MST.
Caramba. é melhor começar a pensar em mandar seu filho, que não se enquadra em nenhuma das categorias acima, começar a pensar em Harvard (daqui a pouco vai ser mais fácil entrar lá do que na UFPB, campus de Baia da Traição).
Estamos diante de uma repetição do que ocorre na mente (se é que ele tem uma!) do ditador de plantão: premie-se pela amizade, em detrimento do mérito.
Estudar pra que meu amigo, é muito melhor você ficar ai, numa boa, só tomando uma cachacinhas e se bronzeando, aí, você fica bem moreninho, se declara afro-descendente (que brasileiro não o é?), acerta menos de 50% do que seu concorrente acertou no vestibular e passa. Simples assim.

terça-feira, 27 de março de 2007

ZECA DO PT E SUA PENSÃO, QUE AFRONTA TODA A SOCIEDADE

26/03/2007 - 19:48
Justiça garante pagamento de pensão a Zeca do PTAgencia Estado O ex-governador do Mato Grosso do Sul José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, conseguiu na Justiça garantir o pagamento de uma pensão vitalícia de R$ 22,1 mil, aprovada pela Assembléia Legislativa antes que ele deixasse o cargo, no final do ano passado. Zeca do PT entrou na Justiça porque o benefício havia sido suspenso pelo seu sucessor, o governador André Puccinelli (PMDB). A decisão do Tribunal de Justiça é em caráter liminar (provisório) e foi concedida hoje pelo desembargador Rubens Bossay. Ainda cabe recurso da decisão.A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também entrou no início do ano com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar cancelar a pensão vitalícia de Zeca do PT e de outros ex-governadores do Estado. O benefício foi estabelecido por meio de uma emenda na Constituição estadual. A entidade aguarda a decisão

segunda-feira, 26 de março de 2007

Primeiro o Aumento. O Resto é Beisterol

Pelo Estadão

O líder do PT na Câmara, Luiz Sérgio, defendeu a votação nesta semana do projeto que reajusta os salários dos parlamentares. O PT defende o aumento de R$ 12.847,20 para R$ 16 mil, que corresponde ao índice de inflação, medido pelo IPCA, dos últimos quatro anos. O reajuste mais recente é de quatro anos atrás.

Na terça, o assunto será discutido na reunião de líderes com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT). "Se não resolver essa questão, fica um vazio, e dentro de 30 a 40 dias vão aparecer novas besteiras em curso. Devia votar para encerrar essa fábrica de besteirol", argumentou Luiz Sérgio.

Outro projeto aprovado pela comissão, no entanto, cria um artifício para aumentar mais os salários.

A mudança na regra do uso de verba indenizatória poderá acrescentar aos salários dos parlamentares até R$ 5.416,81, atingindo um total de R$ 21.667,23 por mês.

O Cara-de-pau do PT fez um projeto aumentando seu próprio salário em quase 90%, de 12.847,20 para 21.667,23. E olhe que eles são os "defensores do povo". Meu Deus...

Por essas e outras, nós autores deste blog divergimos em um ponto. Eu não quero que o PT desapareça. O PT tem que existir. Assim fica mais fácil saber onde está o lixo da política brasileira. Com o PT desintegrado, eles sairiam contaminando tudo. É melhor deixar como está. Facilita a vida do eleitor na hora de escolher em quem não votar.


Pesquisa

Pesquisa Datafolha:


A queda no índice de ótimo/ bom no desempenho do presidente Lula (de 52% para 48%) foi maior entre as faixas da população que mais o apóiam e que garantiram a sua reeleição em 2006: os menos escolarizados, os mais pobres e os habitantes das regiões Nordeste e Norte/Centro-Oeste.

(...)No Nordeste, a taxa de ótimo/bom de Lula caiu nove pontos percentuais, de 68% para 59%. No Norte/Centro-Oeste, a queda foi de seis pontos, de 55% para 49%.


No Sul, que sempre avaliou com mais rigor o presidente, houve nova queda -de cinco pontos, para 36%. O Sudeste ficou estável.


O mesmo ocorreu entre os entrevistados mais pobres, com renda familiar mensal até cinco salários mínimos (R$ 1.750). Entre eles, a avaliação positiva de Lula caiu cinco pontos, para 50% .


Fico vendo esses números e me pergunto o que pode ter acontecido para que os beneficiários do bolsa-esmola estejam se decepcionando com o salvador da pátria. Lula passou o último ano do primeiro mandato estimulando a luta de classes, jogando pobres contra ricos e remediados, nordestinos contra sulistas. Estimulados pelo carisma de Lula, pelo mito do pobre operário que lutou contra os exploradores e conseguiu chegar lá, muitos de seus eleitores votaram com o fígado, sentindo grande prazer em fazer com que seus empregadores engolissem seu candidato. Foi quase como que um tapa na cara das classes média e alta.


Como poderiam aquelas pessoas se atreverem a substituir o santo Lula, o homem que dá o peixe ao povo sofrido e não cobra deles uma contrapartida? Era chegada a hora de dar o troco. O troco veio, bem pesado. O mais triste é que em um futuro bastante próximo, os mais carentes, aqueles que reelegeram Lula, são os que mais sentirão na pele as consequências de seu ato impensado.


Talvez isso já esteja se fazendo sentir, e isso talvez explique os números que vimos nessa pesquisa. Já se sabe o resultado das urnas há cinco meses; os resultados práticos, governo que é bom, ainda não se viu. Mas se vê o alto índice de desemprego, a violência em níveis alarmantes, o caos em todos os setores, da Saúde até o setor aéreo. Uma coisa é certa: o governo Lula conseguiu equiparar praticamente todas as classes. Hoje todos os brasileiros, com exceção dos muito ricos, estão sofrendo as consequências da inépcia, incompetência, corrupção, que são a marca do grupo que hoje detém o poder.


O desencanto já começa a aparecer, mas agora é tarde. Temos que engolir isso por mais quatro anos. Deus queira que não sejam oito.

Paulo Devechi

quinta-feira, 22 de março de 2007

APROVADO AUMENTO VERGONHOSO DOS PARLAMENTARES!

Comissão aprova reajuste de 26,49% para parlamentares!

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou há pouco o projeto de decreto legislativo que concede reajuste de 26,49% as remunerações de deputados, senadores. O percentual aplicado corresponde à inflação oficial do período compreendido entre janeiro de 2003 a fevereiro de 2007. A comissão decidiu fatiar a proposta original, sugerida pelo deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), exlcuindo do texto, por exemplo, o artigo que estabelece regras para o desconto na remenuração dos parlamentares em razão de faltas. Essas normas, de caráter legislativo, não podem ser votadas enquanto a pauta da Câmara estiver trancada por medidas provisórias.O projeto agora terá que ser votado pelo Plenário.

Rodrigo BittarEdição - Paulo Cesar Santos

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara')Agência CâmaraTel. (61) 3216.1851/3216.1852Fax. (61) 3216.1856E-mail:agencia@camara.gov.br

APOCALIPSE NOW


Assistir ao noticiário, ler jornais, ouvir o rádio.

Atividades de alto risco cardiovascular.

Não tem sido fácil, diletos leitores.

Não sei mesmo como podemos aguentar tanta adrenalina circulando em nossas veias.

Fiscal com poder juiz;

Caos Aéreo (durando meses, e ninguém do governo faz nada para resolver);

Lulla e Collor juntos;

Marta Suplicy ministra;

Um dirigente partidário chefe da Polícia Federal;

Bolsa-Bandido;

Apartheid (que outro nome dar para a política de cotas?)

TV do executivo;

Franklin Martins (aquele que foi demitido da Globo por ligações com o governo e atualmente está na... Band - seu irmão é presidente de uma agência reguladora) Ministro da Comunicações.

Mudança da metodologia de cálculo do PIB (cresça e apareça pibinho, nem que seja a força.)

Reforma Ministerial parcelada(daqui a pouco até as Casas Bahia estarão vendendo, em 48 suaves prestações);

Além disso tudo, na semana em que a União Européia comemora 50 anos, os jornais insistem em mostrar como o rigor fiscal, a presença de um estado mínimo e a continuidade de políticas públicas insistem em dar certo no velho mundo (não nego não, morro de inveja deles).

Ai, me dá meu lexotam ...

quarta-feira, 21 de março de 2007

Se o PIB não Cresce...

Pelo G1

A mudança no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro feita pelo IBGE mostra que a economia do país cresceu mais que o previsto anteriormente nos anos de 2002 a 2005. Com isso, o PIB do Brasil ultrapassou os R$ 2 trilhões pela primeira vez, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (21).

Houve mudança no peso de cada setor na economia e foram incorporadas novas pesquisas que irão trazer mais precisão para que o instituto possa medir o crescimento do país.

Segundo o IBGE, os valores nominais do PIB entre 2000 e 2005 foram todos revisados para cima. Em 2005, por exemplo, chegou a R$ 2,148 trilhões. A estimativa anterior era de R$ 1,937 trilhão.

Em relação aos números absolutos, aqueles que mostram de quanto foi o crescimento, o resultado pode gerar mais polêmica. A série nova mostra que a economia teve um crescimento maior que o estimado anteriormente somente entre 2002 e 2005. O crescimento de 2002 foi revisado de 1,9% para 2,7%; o de 2003, de 0,5% para 1,1%; o de 2004, de 4,9% para 5,7%; e o de 2005, de 2,3% para 2,9%. Esse período inclui o último ano do governo Fernando Henrique Cardoso e os três primeiros anos do governo Lula.

Em relação a outros dois anos do período FHC, os dados não foram tão bons. O dado de 2000 foi revisado para baixo (de 4,4% para 4,3%). O dado do crescimento do PIB em 2001 não mudou (1,3%).

O IBGE divulgará os números para 2006 no próximo dia 28. Mesmo assim, apenas os dados até 2003 são definitivos. O cálculo final para 2004 e 2005 sai no final deste ano e o de 2006, daqui dois anos.

Não sou eu o único a achar que Lula tem problemas psicológicos com relação a FHC, mas convenhamos que mudar a forma de calcular o PIB aumentando os PIBs do seu governo e diminuindo os PIBs do governo FHC é achar que o povo brasileiro é imbecil.

É um precedente gravíssimo. O IBGE trabalha unicamente com números e estes não têm significado se não tiverem credibilidade, ou vocês acham que inflar PIBs Lulistas e esvaziar os PIBs de FHC é mera coincidência?

Até que enfim, o Brasil vai crescer 5% ao ano.

Concurso em Vitória - ES Terá 30% das Vagas para Negros

Pelo Terra

Uma lei que destina 30% das vagas oferecidas em todos os processos seletivos da Prefeitura de Vitória para quem se declarar afrodescendente no ato da inscrição está em vigor na cidade desde o início da semana. Esta é a primeira vez no Estado que concursos terão cotas para negros.

A lei já está sendo aplicada em um concurso público que abriu as inscrições esta semana para o preenchimento de cargos para Procurador, Auditor Fiscal do Tesouro Municipal, Agente Comunitário de Segurança, Analista de Tecnologia da Informação e Técnico em Tecnologia da Informação.

Das 201 vagas, 63 foram destinadas aos negros. Segundo João Coser os negros não terão tratamento diferenciados com a criação das cotas. "Eles farão as mesmas provas e passarão pelas mesmas etapas, não haverá privilégio. A única diferença é que os negros concorrerão entre si e serão classificados nas vagas destinadas às cotas", explicou.


Preciso dizer que o prefeito de Vitória é do PT?

Além da ditadura, do bolsa-bandido, agora teremos o apartheid. Acho que se eu continuar a ler notícias do Brasil vou acabar infartando.

terça-feira, 20 de março de 2007

No Caminho de Cuba

Em menos de 100 dias de desgoverno, a democracia brasileira já sofreu mais abalos que nos últimos 20 anos. A Polícia Federal foi subordinada a um dirigente petista; a emenda 3 deu a fiscais, o poder de juiz; divulgou-se a criação da TV Lula e de reformas eleitorais que prevêem o afastamento de pessoas eleitas (recall) e um provável plebiscito pelo terceiro mandato. No entanto, peço que o leitor tenha paciência e acompanhe conosco trechos de uma matéria da revista "Dinheiro", entitulada "Mantega, o cobrador". Eu considero o ataque mais eloqüente ao estado democrático de direito. Um verdadeiro escárnio.

Se você é daqueles milhares de brasileiros que têm dívidas superiores a R$ 10 mil com a união, trate de se preparar para o pior. O ministro da fazenda, Guido Mantega, está prestes a enviar ao Congresso dois projetos de lei que vão dar mais agilidade à cobrança desses débitos, que somam mais de R$600 bilhões. Hoje, o processo de cobrança leva em média 15 anos para ser concluído e a união só consegue recuperar por ano 1% do que lhe é devido. Mantega prevê que a partir das alterações, será possível alcançar até 5% dos débitos em prazos muito mais razoáveis. As mudanças virão por duas mãos.

Até agora, tudo bem. Acho justíssimo que o governo procure reaver seus créditos. A única crítica é recuperar apenas 5% do montante, mas de qualquer forma parece que ficaria melhor do que o sistema atual. O problema leitores, está numa destas mãos pela qual o estado quer recuperar este dinheiro. Vamos continuar na matéria.

A lei geral de transações permitirá a negociação da dívida entre o devedor e a Fazenda, com a criação da câmara de conciliação da Fazenda pública. E a nova Lei de Execução Fiscal dará à Procuradoria da Fazenda Nacional o direito de penhorar bens dos devedores, sem a interferência do judiciário. "Afinal o judiciário não é credor", justifica o procurador-geral da Fazenda Nacional, Luís Inácio Adams.

Calma. Vamos ler de novo para ver se eu entendi. Esqueçamos essa história de câmara de conciliação. Quer dizer que se essa nova Lei de Execução Fiscal for aprovada, um procurador da fazenda vai poder penhorar meus bens sem nem passar pelo crivo de um juiz?! E o tal do Luís Inácio Adams (deve ser um Lula da família Addams), acha que o credor apropriar-se diretamento dos bens do devedor é legal?! Deve haver algum mal entendido! Vamos ler o restante da matéria.

A idéia central é exatamente contornar os meandros do Judiciário e queimar etapas no processo de cobrança, hoje lento ao extremo.

Não. Não. Não. Não. Ou seja, se o judiciário é lento, que o ignoremos, ao invés de torná-lo rápido! Brilhante. Formidável. Atropelemos um poder da república! Mas, vale lembrar que a regra só serviria para casos em que a união fosse credora, se você tem uma empresa e alguém te dá um calote, contente-se em esperar 15 anos!

O sistema de conciliação, certamente é bem-vindo. O mesmo não se pode dizer do projeto que altera a Execução Fiscal. Nesse caso, o procedimento ganha um rito sumário. A penhora dos bens será feita administrativamente, sem passar pelas mãos de um juiz.

Calma. Vocês ainda não leram o pior.

Depois de receber a ação de cobrança pelo correio, o contribuinte terá 30 dias para pagar o débito ou apresentar bem em garantia. Do contrário, terá os bens bloqueados diretamente pela Procuradoria da Fazenda. As novas normas são quase draconianas. Os procuradores poderão pedir aos bancos o bloqueio de aplicações financeiras de pessoas físicas ou jurídicas e também requisitar a penhora de bens imóveis ou outros bens.

Ora, ora, ora. Será que os procuradores vão ter o direito de estuprar esposas e filhos, ou eles esqueceram de colocar isso na lei? Nem Sylvester Stallone tinha tanto poder no filme "O Juiz" quando brandia: "I am the law".

Na opinião de tributaristas, se, de um lado, a nova Lei de Execução Fiscal vai agilizar a cobrança e reduzir o número de ações na Justiça, de outra ela representará uma ameaça aos direitos dos contribuintes. "É muito perigoso. Se houver um erro, o devedor com bens penhorados, não conseguirá cancelar o processo", adverte o advogado Bruno Aguiar. Acredita-se também, que ao contrário dos juízes, a Procuradoria é parte interessada e poderá ser parcial na condução do processo.

É óbvio que vai diminuir o número de ações na justiça, pois a execução será extra-judicial! O mesmo modelo poderia ser usado para agilizar e diminuir o número de as ações penais, bastaria que um policial ao prender alguém, além de proclamar: "Teje preso". Dissesse também: "E vai pegar 20 anos de regime fechado". Resolvido!

A melhor parte vem agora.

Mantega garantiu, após audiência com a presidente do STF, que o governo poderá reduzir a carga de impostos se for bem-sucedido na recuperação das dívidas da união. " Se conseguirmos uma arrecadação maior em função das novas leis, me comprometo a usar esses recursos para a desoneração tributária".

KKKKKKKKKK. Agora pede prá ele contar a do papagaio!

segunda-feira, 19 de março de 2007

Apagão Aéreo atrasa Reunião de Lulla e Marta!

Que bom! Nada, como sentir na própria carne a sua incompetência! Entregar a Infraero à mãos tão habilidosas, será o caos do caos! Piorar... mais do que já está, sim, eles conseguirão!

Folha Online
19.03.07

Está atrasado o encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a ex-prefeita de São Paulo Marta Suplicy. O Planalto informou que o atraso foi provocado pelo apagão aéreo de domingo, que ainda prejudica vôos em todo o país nesta segunda-feira.Lula está reunido com o ministro Waldir Pires (Defesa). No encontro, os dois devem discutir o apagão provocado pela pane em um equipamento do Cindacta 1 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo), em Brasília, responsável pelo tráfego aéreo no Sudeste e no Centro-Oeste. Devido ao problema, o espaçamento entre as decolagens foi ampliado, o que provocou atrasos em série e lotou aeroportos.A expectativa é que depois do encontro com Pires, Lula receba Marta em seu gabinete. No encontro, Lula deve convidar oficialmente a ex-prefeita de São Paulo para assumir o Ministério do Turismo. Com a confirmação de Walfrido dos Mares Guia no Ministério de Relações Institucionais, o caminho ficou aberto para Lula efetivar o nome de Marta como titular do Turismo.Lula deve informar a ex-prefeita que a Infraero (estatal que administra os aeroportos) não ficará subordinada ao Turismo, como cogitou o PT.

Bolsa-bandido

Nunca pensei que fosse viver o suficiente para escrever um post como esse, mas no Brasil, realmente, tudo é possível. Acompanhe conosco a triste matéria que saiu ontem no jornal O GLOBO. O texto vai em azul. Comentários em preto, como de costume.

Além de criar uma força-tarefa para sanear o problema das unidades de internação dos menores infratores, o governo estadual [do Rio de Janeiro], vai apostar na reconstrução dos laços familiares para ressocializar estes jovens. Até o fim de julho, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos pretende lançar um programa de auxílio para os parentes para os mais de 1800 adolescentes, que atualmente, estão sob a guarda do Departamento Geral de Ações Sócio-Educativas (DEGASE). Está prevista a inclusão dos familiares carentes no bolsa família do governo federal.

-Temos que entender que o contexto familiar pode não ser determinante para um erro, mas, com certeza, é para o acerto. Por trás da vida destes garotos, há quase sempre uma família desestruturada principalmente pela pobreza - afirma a subsecretária estadual de assistência social e descentralização da gestão, Nelma de Azeredo.

Vocês não leram errado! Nelma de Azeredo é subordinada de Benedita da Silva. As inteligentes figuras irão instituir o bolsa-bandido. Funciona assim: se você é pobre e decente, vai ter que trabalhar para ganhar dinheiro, mas se seu filho for marginal, você recebe o bolsa-bandido. O dinheiro dos seus impostos vai premiar famílias como as dos assassinos do João Hélio.

Agora, imagine-se como sendo a vizinha de uma beneficiária do bolsa-bandido. Você fez tudo direito, educou seus filhos, ensinou o certo e o errado. Sua vizinha, que só fazia beber e não ligava para a prole, tem um filho assaltante e é presenteada com R$90,00 todos os meses. O que você ficaria pensando? Eu penso que o crime compensa.

Caso as famílias não se encaixem no programa, Nelma não descarta a criação de outro tipo de auxílio:

-É uma hipótese remota, mas, se identificarmos uma necessidade de repasse de renda e os familiares não tiverem perfil para o programa federal, nada nos impede de criar outro projeto de ajuda financeira.


- O atendimento à família tem de ser igual para todos. Se o menor matou, feriu ou roubou, isto foge à esfera da assistência social.

Por que petista tem essa idéia discriminatória de achar que pobreza forma bandidos?! Todo mundo conhece pobre honesto e rico bandido. Só existem mais pobres no crime porque existem mais pobres do que ricos no Brasil. O motor da criminalidade é a impunidade e não a pobreza. Recomendo nosso post de alguns dias atrás.
http://inimigosdopt.blogspot.com/2007/03/sem-luz-no-fim-do-tnel.html


Simone Moreira, coordenadora de defesa dos direitos da criança e do adolescente da defensoria pública, elogiou a iniciativa.

-É uma das melhores medidas dos últimos tempos.

Ha,ha,ha,ha. É piada. Mesmo correndo o risco de ser repetitivo, vou citar o caso João Hélio. As coisas ficariam assim: a família da vítima vai ter que se contentar com a dor, a impunidade, a violência, a perda e a revolta de saber que a família do infrator vai ser premiada com o dinheiro dos seus impostos. Ou seja, a vítima vai pagar impostos para os bandidos! É a revolução social brasileira implantada pelo PT. Sinceramente, como alguém pode ser tão condescendente com o crime para premiá-lo castigando a vítima? Que lição este partido está oferecendo à sociedade? Até a China vai ficar melhor que a gente. Lá, se alguém é condenado à pena capital, é a família do criminoso que paga a bala que lhe perfurará o crânio. Por estas bandas, o criminoso ganha um bolsa-bandido e a família da vítima é quem paga a mesada.

Durma-se com um barulho desses.


domingo, 18 de março de 2007

Leitores

O Domingo foi um dia complicado, duas notícias-bomba que eu comentarei amanhã. Mostram claramente que o Brasil está no rumo da ditadura em passo acelerado.

O lado bom é que teremos dois novos colaboradores: Paulo Devechi e Tânia Ramil.

Bom início de semana a todos.

sábado, 17 de março de 2007

TV do Executivo, fascismo disfarçado!

Caros leitores, reproduzo abaixo o comentário de Arnaldo Jabor, para a Rádio CBN, da última quinta-feira, dia 15 de Março de 2007:
"Amigos ouvintes, não adianta.
A democracia no Brasil sempre foi um mal-entendido, como escreveu o grande historiador Sérgio Buarque de Holanda.
Num país com tradição colonial, oligárquica e mandonista, fala-se muito em democracia para não exercê-la.
Tivemos vinte e um anos de ditadura militar. Quando ela acabou, realmente houve um espasmo de abertura democrática, quase que mecânica, como a sensação de se tirar um sapato muito apertado ou, como uma borracha recupera o seu formato inicial.
Mas aos poucos, a idéia de que a vida social seja regida pela maioria da população vai sendo corroída secretamente.
O governo de Fernando Henrique Cardoso tentou institucionalizar a República Democrática nessa terra de exclusão e de mandonismo. Conseguiu em parte.
Mas com a chegada do PT ao governo, está sendo comida a idéia de democracia, que eles fingem respeitar.
Os escândalos todos de 2005 deixaram claro o que eles pensam da democracia, e como por baixo do pano, só pensam em controle, em dirigismo. Nem que seja pagando os ladrões do legislativo. Aliás, todos aí, soltos e livres, numa boa.
Os bolchevistas querem controlar a sociedade por ideologia. E no caso do Lula, por narcisismo, deslumbramento e onipotência, porque ele se acha a resposta popular do país.
Assim que tomaram o poder, tentaram mandar na imprensa livre, nas tvs, tudo; como foi com a idéia do Conselho Nacional de Jornalismo.
Depois, a lei da mordaça, que chegou a tramitar no congresso, para impedir a divulgação de dados sobre inquéritos policiais. A ANCINAV, que castraria as televisões privadas, etc e outras coisas.
Agora, ressurgiu o stalinismo oculto, querem criar a tv do poder executivo. Uma rede de tv, que custaria mais de 300 milhões de reais para ser instalada. O que daria, naturalmente, belíssimas, grandes gorjetas, jabás e trambiques para os seus idealizadores e, além disso, a possibilidade de o governo central controlar a opinião pública 24 horas por dia, ou seja, uma tv de propaganda, como em Cuba, ou na Coréia do Norte.
O Lula, naturalmente já achou ótima a idéia e deu luz verde.
A finalidade não é só moldar as mentes das pessoas, é também uma chance de mudar a História.
Já que esse governo não consegue governar nada. Já que o poder público em geral está cada vez mais desorientado e incompetente. e que nada é resolvido: nem a violência, nem as reformas do estado, nem obras que não saem do papel, a idéia é muito simples: mudem-se os fatos, pela propaganda, e pronto.
Roube-se bastante grana do projeto e depois convença-se a população de pobres e ignorantes a crer "em tudo que seu mestre falar", assim como nas igrejas evangélicas, ou nos aparelhos de informação das ditaduras getulista e militar.
A democracia no país sempre foi um estorvo, uma mentira, e essa gente quer acabar com ela.
Tv do executivo é fascismo disfarçado."

Relações de Trabalho


A pergunta é muito simples: você contrataria alguém que responde a processo por falsidade ideológica para trabalhar para você?
Você confiaria um orçamento de milhões de reais nas mãos de alguém com conduta suspeita?
Confiaria a guarda do galinheiro a uma raposa?
O déspota de plantão aceitou a indicação do deputado Balbinotti (PMDB-PR), maior produtor de sementes de soja do país, com visíveis interesses pessoais na pasta da agricultura.
O dileto deputado foi indicado pelo governador do Paraná, Roberto Requião, aquele da proibição dos transgênicos em seu estado (muito inteligente, não?), e das dezenas de parentes em cargos de confiança.
O deputado responde a processo no supremo, e a indicação foi aceita.
Nada mais natural no governo do mensalão. Nada mais natural.
Ainda bem que o cara teve semancol e desistiu de aceitar o cargo, mas só por causa da pressão da imprensa, porque se dependesse do chefe da quadrilha...

PAC - Programa de Aceleração do Câncer

Não me passa, nem por um segundo, que o absolutista Luís XIII irá entregar a presidência em primeiro de janeiro de 2011. Quem pensa assim está sendo extremamente ingênuo. Esquecem da necessidade de poder que este partido carrega.

O PT é um câncer social. Formado, em sua maioria, por parasitas incapazes. Pessoas que não conseguiram prosperar com o suor do seu trabalho. São raros os médicos, advogados, dentistas, empresários, juristas petistas. Não me venham com as exceções. É claro que elas existem. Mas, a regra geral é que o partido é formado por sindicalistas, arruaceiros, grevistas e abandonados do comunismo. São pessoas frustradas e que conquistaram algum conforto na vida após a chegada do maior de todos eles ao poder.

Com Lula, o câncer implantou-se no organismo da nossa sociedade. As metástases não tardaram a proliferar. Rapidamente os incapazes foram alçados aos mais diversos cargos da república. Correios, banco do Brasil, petrobrás, caixa, eletrobrás, BR distribuidora, radiobrás, 35 ministérios, assessorias... são mais de 50 mil cargos comissionados. Ora, viver do estado é a única chance destas pessoas. O mercado exige a competência que elas não têm. Por isso, o petista veste a camisa, vai à rua contra Bush, mas não se move contra a violência.

Deve ser desesperadora a idéia de ter que voltar a ser povo... É claro que os amigos do rei farão de tudo para não largar o butim. Logo agora que eles já conhecem os sabores dos bons pratos, que se deliciaram com os cartões corporativos, que estão conhecendo o mundo do turismo e dos jatinhos particulares. Em primeiro de janeiro de 2011, a carruagem voltaria a ser abóbora. Ao serem extirpados do organismo denominado estado, as células cancerosas petistas não sabem desenvolver funções úteis, à exemplo das demais que compõem a sociedade. Não resta outra esperança para o câncer que não seja a de crescer e multiplicar.

O tumor central tem sido eficiente nesta batalha. Lula criou 184 mil vagas no funcionalismo público e 27 estatais. 40% do que a parte sã do corpo produz (carga tributária), já é destinada ao tumor e suas metástases. É pouco. A moléstia planeja o golpe final. Para continuar a se expandir, é imperioso derrotar as defesas do organismo e finalmente invadir seu cérebro.

O primeiro objetivo já foi cumprido. Ao alocar um dirigente do partido como chefe da polícia federal, Lula sinaliza para suas metástases, o caminho livre. A lei e as investigações só enxergarão as células sadias. O tumor ficou imune.

O assalto final é o das idéias. O que pensa uma sociedade dita seu futuro e o absolutista sabe disso.

A neoplasia já tentou sem sucesso, invadir nosso cérebro. Foi assim com o conselho nacional de jornalismo, com a lei do audiovisual, com o direcionamento de recursos estatais para os repórteres chapa branca. A tentativa da vez é a TV Lula e a "democratização da imprensa".

Nosso estado é muito mais grave do que os boletins mostram.

Não gostava dele, então matei

Leiam abaixo, depois farei um rápido comentário.

Pelo G1

Garoto de 8 anos mata outro de 3 com pauladas

A população de Novo Progresso, no oeste do Pará, está chocada com a morte do menino Kauã Damásio Peres, de três anos. Ele foi levado de dentro da escola por outro aluno, um garoto de oito anos, para um terreno baldio, estuprado, morto a pauladas e depois decapitado com uma faca. O corpo foi encontrado na manhã de quarta-feira e na quinta cerca de mil pessoas foram em passeata para a porta do fórum da comarca pedir justiça.

O juiz Celso Marra Gomes, ouviu o menor em depoimento e depois, por medida de segurança, determinou a transferência dele para Santarém, onde se encontra sob proteção do Conselho Tutelar. A perversidade do crime surpreendeu até o delegado José Casemiro Beltrão, um homem acostumado no enfrentamento aos crimes violentos que dominam Novo Progresso. "Estou abalado, nunca vi uma coisa dessas entre duas crianças", desabafou o delegado.

Foi Beltrão quem prendeu o menino com a arma do crime nas mãos e vestígios de sangue da vítima pelo corpo. Ao ser questionado pelo juiz sobre o motivo do crime, o menino disse apenas que não gostava de Kauã. "Dei uma paulada na cabeça. Ele caiu e nem chorou. Fui em casa, peguei uma faca e cortei a cabeça dele", relatou, deixando estarrecidas as testemunhas que ouviram a confissão.

Na escola, colegas do menino que cometeu o crime disseram que ele sempre apresentou um comportamento agressivo dentro da sala de aula. Batia nas crianças menores e dizia palavrões para os professores.

Eliana Gregório Damásio, mãe de Kauã, contou ter ido à escola onde o garoto estudava para buscá-lo. Lá, foi informada que o menino já havia ido para casa. Soube horas depois que a polícia havia localizado o corpo no terreno baldio. Muito abalada, ela desabafou: "Meu Deus, que mundo é este em que vivemos?".

É engraçado como certas teorias são desestruturadas pelos fatos. Não faz dois meses que João Hélio foi morto, e já temos mais um crime desta maginitude que, até então, não causou tanta repercussão quanto a de Hélio. Tudo bem! Sabemos que todos os dias pessoas são assassinadas, mas hão de convir que o caso acima é fora da normalidade criminal brasileira. O crime, por si mesmo, está fora da ordem social, e desta magnitude, fica fora da nossa desordem. É como se estivéssemos numa progressão para a babárie. Ou seja, caminhando, aliás, correndo para frente só que de costas para a civilização. É triste utilizar casos práticos deste tipo para demonstrar que a teoria do pobrezinho sem educação é uma afronta à coerência e ao bom senso. O PT deve acreditar que, por ele estar dominando a mídia (a TV Band e agora essa da TV oficial), pode implantar idéia com viés populista, retrógrada e, principalmente, totalitária. Sim, totalitária. Percebam como acusam os outros como se fossem os verdadeiros salvadores da pátria Brasil.

P.S.: O menor psicopata ficará no máximo 3 anos afastado da sociedade.

Até Quando?

A polícia federal já tem seu novo chefe: Tarso Genro. Ele mesmo. Com mais essa, Luís XIII do PT vai demonstrando todo seu apreço pela democracia.

O cargo de ministro da justiça é estratégico para qualquer partido que vive a se meter em pendengas judiciais. Márcio Tomaz Bastos foi o ministro mais importante do primeiro mandato. Salvou o governo quando criou a tese de crime eleitoral para o mensalão e o fez novamente no episódio do caseiro.

Agora, Lula foi explícito. Não precisa mais dos préstimos do Sr. Bastos em construir saídas jurídicas para crimes descobertos. Pode mostrar claramente o que quer. Quem vai mandar na polícia federal é um militante histórico do PT. No segundo mandato, o próprio PT vai "investigar" os crimes. Só para recordar, Tarso Genro foi presidente do partido até o final de 2005 e é dos que disputam com José Dirceu, o poder nas hostes petistas. Já podemos antever o sucesso e a rapidez das investigações quando surgirem novos casos de corrupção petista. Imaginem como serão investigados casos como o do dossiê!

O recado é claríssimo: amigos petistas, a polícia é nossa! Oposições, a polícia é nossa!

Não podia ser mais descarado.

Faço minhas as palavra de Martin Luther King: "O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons."

sexta-feira, 16 de março de 2007

Globalização e a morte de Diana

Posto abaixo um e-mail que recebi acerca da globalização. Comento logo em seguida.
Leiam.

Pergunta: Qual é a mais correta definição de Globalização?
Resposta: A Morte da Princesa Diana.

Pergunta: Por quê?
Resposta: Uma princesa inglesa com um namorado egípcio, tem um acidente de carro dentro de um túnel francês, num carro alemão com motor holandês, conduzido por um belga, bêbado de whisky escocês, que era seguido por Paparazzis italianos, em motos japonesas. A princesa foi tratada por um médico americano, que usou medicamentos brasileiros.
E isto é enviado a você por um brasileiro, usando tecnologia americana (Bill Gates), e, provavelmente, você está lendo isso em um computador genérico que usa chips feitos em Taiwan, e um monitor coreano montado por trabalhadores de Bangladesh, numa fábrica de Singapura, transportado em caminhões conduzidos por indianos, roubados por indonésios, descarregados por pescadores sicilianos, reempacotados por mexicanos e, finalmente, vendido a você por judeus, através de uma conexão paraguaia.

Isto é, caros amigos, GLOBALIZAÇÃO!!!

Comentário
É uma pena que pouco participemos deste processo todo. Nosso comércio exterior representa 1 por cento do comércio e das interações mundiais. A culpa por isso?. Ah...!!! O PT com certeza diria que é das elites que dominam este país há mais de 500 anos.

quarta-feira, 14 de março de 2007

Ali Babá, o Papa e o Lula

Segue abaixo (de vermelho para recordar o inesquecível PT) uma apertada síntese da situação dos Ministérios e da enorme Máquina deste governo. Foi enviada a nós por um leitor que, infelizmente, se identificou como anônimo.

Leiam:

Quando o *Papa João Paulo II* veio ao Brasil pela primeira vez, nós estávamos em transição do regime militar para a democracia. O presidente era João Batista de Oliveira Figueiredo.


O Papa perguntou ao Presidente o motivo de ter tantos ministros, ao que obteve como resposta:

- Santidade, Jesus não tinha 12 apóstolos? Eu tenho 12 ministros.

Em 2007, quando o *Papa Bento XVI* chegar ao Brasil e perguntar ao Lula para que 34 ministros?

O molusco, certamente, responderá:

- Veza bem, companheiro santidade...Ali Babá num tinha 40 ladrões? Tô quase lá...

domingo, 11 de março de 2007

Tradução do julgamento de Saddam

Observem a fala de um Ditador!!

http://www.youtube.com/watch?v=Wzxb1_DLzZk

O mundo todo já sabe, exceto o povo brasileiro!

As declarações de Luiz XIII

Segue abaixo reportagem que foi publicada no site da folhaonline ontem à noite. O texto da folha está em preto e meus comentários em vermelho para lembrar o PT.


da Folha Online

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que a reforma ministerial, adiada diversas vezes desde o início de seu segundo mandato, será feita no "momento certo".
Desde o início do mandato coisa nenhuma, e sim, desde o final do ano passado. Outra: momento certo para o Presidente é no meio do mandato, quando ocorrer nova crise política por causa de corrupção? Ah!! Esqueci que o presidente é sábio! Sua visão vai bem mais que além-mar, e o que ele pensa está certo e ponto final.

"Não tenho data. Acabei de ganhar um jogo com um time que está jogando. Eu posso fazer ajustes no ministério porque eu preciso fazer ajuste, porque eu quero fazer ajuste. Mas eu não tenho data, não tenho prazo, e não tenho imposição. No momento certo eu vou fazer com a maior tranqüilidade", disse ele após realizar exame médico no Instituto do Coração, em São Paulo.
O Presidente mais uma vez tem razão em aplicar no governo de um Estado suas metáforas futebolísticas. Claro que um time de cerca 30 Ministros de Estado que têm um orçamento em torno de R$ 500.000.000.000 (quinhentos bilhões de reais) é bem semelhante a um jogo qualquer que seja. Ele igualou publicamente jogo a política. Suponhamos que seja o futebol mesmo e não outro jogo ou ESPORTE. O pior é que sabemos como foi a última partida desse maravilhoso time. Que jogo!!! Foi emocionante!

Lula também disse que a visita do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, ao Brasil representou um "marco importante" no aprimoramento da relação entre os dois países.
Muito importante mesmo! É verdade. Sem dúvida alguma qualquer um sabe disso. As oportunidades que foram abertas com esta vinda do "buche" para as terras bananeiras "nunca foram vistas antes neste país". Só há um detalhe: o quê de concreto foi feito pelo Apedeuta e seu time de Relação Exterior? Eu respondo: ABSOLUTAMENTE NADA! A política externa deste governo, como sabemos, é baseada na ideologia e na besterologia SUL-SUL.

Lula não tem jeito. Não bastava ele ter roubado as palmas na ONU, o trabalho para se atingir a auto-suficiência do Petróleo, a estabilidade monetária, os investimentos da Magnetti Marelli naquele chip para a injeção eletrônica a álcool, agora ele quer ser o propulsor da criação da vontade de Bush vir ao Brasil.

"Eu estou convencido que nós demos um passo extraordinário para que o álcool se transforme em commodity e que a gente possa ocupar um espaço importante no mercado internacional", afirmou. "Os Estados Unidos já têm uma decisão de que nos próximos anos vão introduzir 20% do etanol na gasolina. Isso é uma marca importante.
Até agora não há planejamento algum para suprirmos essa demanda. Só marketing e publicidade. Concreto, nada.

"Sobre a taxação do álcool brasileiro importado pelos Estados Unidos, o presidente Lula disse que "temos que brigar". "Não espere que ninguém ceda em um primeiro apelo. Não existe negociação aqui. Isso será sempre uma coisa de muita disputa, muita argumentação. Vai chegar o momento que vamos conseguir. Precisamos continuar brigando, precisamos continuar insistindo. Em algum momento essa corda vai quebrar e a gente vai poder então ter um mercado de comércio definitivamente livre", disse.
Um mercado de comércio denitivamente livre implica tão somente na ALCA. É isso mesmo. Oh, a malvada ALCA. Agora, Luiz XIII está falando em livre comércio. Só para variar ele deve não saber que citar livre comércio implica em ser a favor da ALCA. E ele era contra!

Na visita ao Brasil, o presidente dos Estados Unidos descartou uma redução nas taxas impostas pelos americanos sobre a importação do etanol brasileiro. "Isso não vai acontecer, essa lei sobre as tarifas vai se estender até 2009. E quando chegar no fim deste período, o Congresso vai fazer alguma coisa", disse Bush.
Claro que os EUA têm de proteger seus cidadãos. Ou certo estamos nós em aceitar chantagem internacional como a do hermano boliviano? Creio que não. Só haverá abertura dos EUA quando o benefício para os consumidores for maior que o malefício para os produtores de etanol. Por enquanto, o governo acredita que os empregos lá são mais importantes para seu povo, do que os empregos aqui. Estão certos.

Bush e Lula assinaram memorando de cooperação para produção de biocombustível. De acordo com documento, representantes dos governos do Brasil e dos Estados Unidos pretendem avançar na pesquisa e no desenvolvimento de tecnologias para biocombustíveis de nova geração.
Nada a comentar!

O presidente americano disse que planeja aumentar em mais de seis vezes o consumo de etanol (álcool combustível) de seu país até 2017.
Não sei quem vai oferecer essa quantidade toda. Atualmente, só o Brasil tem condições. Se demorar para suprir esta demanda, não vai demorar muito os americanos vão exportar etanol para os bananeiros mais barato do que o produzido aqui. E Lula vai falar para o amigo Evo: Os imperialistas roubaram nossa tecnologia do álcool e ninguém do mundo quer mais o nosso etanol, você, hermano mais nuevo, quer um pouco para experimentar? Evo: Não, prefiro a coca!

Com Agência Brasil

sábado, 10 de março de 2007

Segurança Pública ou Violência Pública e a Sabedoria Presidencial I

Não lembro a data exata, contudo, foi por volta do dia 6 ou 7 de fevereiro que aconteceu o homicídio do menino João Hélio nas ruas do Rio de Janeiro. Para o Apedeuta petista governamental o problema está nas condições de vida dos marginais. “Ou seja” (como ele gosta de falar), são 15 ou 20 anos que o Estado virou as costas para esses, hoje, adultos, mas pobres crianças sem oportunidade no passado.

O Presidente bananeiro, como sempre, esquece das conseqüências de suas afirmações, claro, “nunca se viu antes neste país” um presidente realizar tantos raciocínios desprovidos de qualquer bom senso lógico e ser tão aplaudido pelos orgulhosos patriotas de seus jargões populistas. Não posso ser irresponsável a tal ponto e deixar de demonstrar as decorrências de mais um raciocínio presidencial contraditório.

A primeira conseqüência que temos é que as crianças que cresceram durante o governo Lula terão “mais oportunidades” e então a criminalidade diminuirá significativamente. Ora, serão oito anos de governo, claro que não é possível acabar plenamente com o crime em oito anos, mas diminuir bastante, é possível sim, já que as crianças atuais estão “tendo oportunidades” deste maravilhoso governo. Evidente que esta ilação do pensamento lulista, possui como premissa que os 20 anos do estado de Estado de Costas para o Pobre não inclui os 4 anos de governo Lula. Se assim não fosse ele admitiria que não teria feito coisa alguma para as pobres criancinhas facínoras do crime organizado e mesmo do crime desorganizado nesses 4 anos.

Segurança Pública ou Violência Pública e a Sabedoria Presidencial II

O problema do pensamento falacioso de Lula é sua conclusão retoricamente apressada. Ele diz que a origem da criminalidade é a injustiça social. Isto quer dizer que a maioria pobre é criminosa. Lula diz-se pobre, ou pelo menos que já foi pobre, então..., hehehe!! Foi uma brincadeira, é verdade, mas é o pensamento contraditório do Bananeiro-Mor. E, pasmem, ainda não é o pior deste estúpido pensamento.

Uma vez que a maioria pobre é bandida, temos que o pobre honesto é a exceção. Neste ponto, recordo um fato que nos ajuda a prosseguir esta caminhada: a classe social que mais sofre com a violência é, ironicamente, a classe pobre. Outro fato que me deixa transtornado é como o presidente, reconhecidamente um sábio do “sofrimento sofrido” (só para lembrar como “ele é do povo”) pelos nossos marginais (leia-se pobres) não conhece a realidade canibalesca da sociedade pobre, ou pior (supondo que ele seja coerente com o que fala e pensa), conhece e, ainda assim, convive com isto normalmente.

Segurança Pública ou Violência Pública e a Sabedoria Presidencial III

Posto que, eles, os pobres, vivem em um caos constante (reitero que seja necessário ler sequenciadamente os posts abaixos), isto é, vivem a saquearem uns aos outros, a matarem uns aos outros, de uma forma perene e generalizada pelo tempo e pelas suas comunidades pobres, respectivamente, temos que o Presidente ou é muito preconceituoso com os pobres (caso toda sua teoria esteja errada), ou é o Insensível-mor da terra bananeira (caso esteja correto)! Pobres Pobres! E ele (o Insensível-mor) ainda se elegeu com a expressiva colaboração destes marginais, considerando, claro, que marginal, para Lula, é sinônimo de pobre.

Desta forma, temos que mais da metade dos crimes ocorrem de pobres contra pobres. Pobre morre para lá, pobre mata para cá, quanta pobreza esse Brasil tem! Já faz décadas que eles (os pobres) se matam, e ainda não se exterminaram! LULA!, cuidado com o que dizes. Isto tudo decorreu do seu pensamento. É verdade o que pensas? Realmente, na real realidade (fui redundante porque a realidade Lulo-petista é diferente da verdadeira realidade observada todos os dias), é isto que ocorre?

Desculpe-me Sua Majestade Luiz XIII, penso que não é assim!

"G point" Mister President? OH YEAHHH, OH YEAHHH


Não cansado de suas já famosas metáforas futebolísticas, Sua Excelência Luis XIV (ou seria XIII?) do PT agora anda dando uma de sexólogo, talvez já querendo apropriar-se do título da "companheira" Marta Suplicy, uma vez que apropriar-se de idéias, pensamentos, projetos e realizações alheias é sua especialidade.
Fico imaginando o que Mister George W. Bush (ou Buxinho, para os íntimos), pensa, cada vez que conversa com o nosso mandatário.
Considerando que Mister President também não é nenhum poço de sabedoria e genialidade, com vasto histórico de gafes em visitas internacionais, cheguei a temer pelo pior, com alguma resposta mal educada de parte a parte, um mal-entendido dos diabos e quem sabe, no dia seguinte, Condoleeza Rice na CNN declarando guerra ao Brasil, os marines invadindo o país pela Baia da Guanabara, os aeroportos de congonhas e guarulhos sendo bombardeados ( até que não ia piorar muito o tráfego aéreo tupininiquim, não é?).
E a resposta: Chaves declararia apoio ao Companheiro Lula, e junto com os exércitos de Fidel estaria formado o Eixo Latino.
Deixando as elocubrações de lado, confesso-me envergonhado de ter um presidente de tão baixo nível, que não sabe negociar, nem ao menos comportar-se em público.
Interessante também é ver lula queixando-se do protecionismo americano: será que eles (EUA) estão errados em defender o que é deles e certos estamos nós, que vimos o companheiro Morales literalmente tomar, na mão grande, um investimento de milhões de dólares que a Petrobras fez na Bolívia e ficamos aplaudindo? (afinal o povo boliviano é muito sofrido e blá, blá, blá...).
Finalizando: para completar o roubo das idéias alheias, D. Mariza Letícia foi com laura Bush ao programa Alfabetização solidária, uma criação de... Rute Cardoso (que sequer foi convidada a participar do encontro).
Ainda querem que haja espetáculo de crescimento.
No Brasil de hoje, espetáculo, só de circo.

sexta-feira, 9 de março de 2007

Álcool: O Combustível do Presidente


A farsa desse governo é interminável. Não se trata de roubar. Trata-se de inovar no roubo. Foi assim com o dólar na cueca; com o mensalão; com os aplausos da ONU. Agora, o PT quer atribuir para si o sucesso do álcool, da mesma forma que fez com a auto-suficiência - onde 50 anos de trabalho viraram obra e graça de Luís XIV do PT.

O álcool viveu seu apogeu em 1984, àquela época 94,4% dos automóveis aqui produzidos eram movidos pelo combustível verde. O desempenho dos veículos ficava muito a desejar, quando comparados com os congêneres à gasolina, entretanto, com o preço do barril de petróleo nas alturas, o povo abraçou álcool combustível. Nos anos seguintes, à medida que o preço da gasolina caía, o mercado do álcool evaporava e em 1999, apenas 0,69% dos carros fabricados utilizavam o combustível. Quem comprou carro à álcool ficou com o mico na mão. Nesta época, a multinacional italiana, Magneti-Marelli, iniciou pesquisas para desenvolver uma injeção eletrônica que se adaptasse a qualquer mistura entre gasolina e álcool. Quatro anos se passaram e 9 milhões de dólares foram consumidos, mas em 2003, o sistema SFS (Software Flexfuel Sensor) ficou pronto. A revolução veio do fato que de agora em diante, o consumidor poderia optar por qual combustível iria abastecer o carro. Com a garantia de não ficar à pé e de poder escolher livremente o combustível mais barato, os flexfuel tomaram conta do cenário e no ano passado 78% dos automóveis produzidos no Brasil eram deste tipo.

Portanto, o ressurgimento do álcool é resultado de pesquisas de uma multinacional italiana - iniciada muito antes de o lunático tomar posse -; instalada em território brasileiro; contando com capital 100% privado; para atender à uma demanda do mercado.

E o que o governo Lula fez para ajudar o setor? Apoiou as invasões de terra pelo MST. Nada mais.

Todos sabemos que os petistas têm uma reconhecida queda pelo álcool, mas não se trata do álcool anidro, nem do álcool hidratado, que servem como combustíveis. Petista gosta mesmo é de álcool etílico.

Cristo, seus discípulos, e a repartição do pão chamado Brasil

Apesar de o assunto principal nos últimos dias ser a visita do maior representante do imperialismo (Bush) ao Brasil, o Mercosul, o famigerado etanol e o conceito da importância do sexo para Lula, recordo que a Reforma Ministerial foi mais uma vez adiada.

Esta tão falada reforma era para ter ocorrido em dezembro do ano passado. Pelo menos foi isso o divulgado pelo governo. Não ocorreu. Foi adiada para a posse do Presidente bananeiro. Até então, foi de relativo bom senso o “Nosso Querido Homem do Povo”. Quando a posse chegou iniciou o maior processo de procrastinação da reforma ministerial já vista na nossa “República das Banânias”. Só para aludir o presidente: “nunca se viu antes neste país” tanta demora para essa Reforma. Estamos até hoje esperando pelos nomes destes Ministros. Se é que vai mudar tanta coisa assim. Como sabemos, quando o governo não trabalha rende o dobro. O fato é que veio o PACtóide, as eleições no Congresso, o Carnaval, o mês de Março, agora vai esperar baixar a poeira do PMDB, Bush ir embora e chegar o dia da mentira para fazer o anúncio oficial. Estes foram os motivos presidenciais para tanta demora. Aliás, como o Gênio Lula Político mesmo diz, não há pressa. Ele, sem dúvida, sabe o que está fazendo.

Para quê ter “pressa”? Como sabemos, os atuais Ministros praticamente param seus trabalhos e ficam à espera do desfecho. Mas, realmente, não vejo para quê ter “pressa” já que boa parte da máquina federal está parada. Sinceramente, penso que seja bom mesmo o governo estar praticamente parado. Assim eles produzem praticamente o dobro. O que me deixa perplexo é a paralisia no resto do Brasil, aliás, da Banânia. Ninguém comenta nada. Se isto estivesse ocorrendo em um governo que os petralhas fizessem oposição, o mundo todo já teria vindo abaixo, como bem disse o amigo Melcíades aqui neste blog. O que Lula faz não tem problema porque ele é ex-sindicalista, ex-do-povo, ex..., e o maior Gênio político que já vimos por estas terras. “Nunca se viu antes neste país” alguém como o Lula (o que podia se festejar). God bless this land! O que ele faz errado é bom. O que ele não faz, também é bom, ora bom, excelente!! O que os outros fizerem de bom ou de certo é errado ou mau! O que está ocorrendo na Banânia nos últimos dois anos é exatamente isso. Portanto, não é necessário ter “pressa” se o Bananeiro-Mor assim determina!

Aqui Jaz o Mercosul

Pelo Estadão

O governo do Uruguai alertou que vai avaliar a possibilidade de reduzir o status de sua associação ao Mercosul caso o bloco o impeça de firmar um acordo comercial com os Estados Unidos, informa nesta sexta-feira, 9, o jornal britânico Financial Times. Se não puder fechar acordos bilaterais como membro integral do Mercosul, o governo uruguaio não descarta reduzir sua associação ao bloco para "parcial", como é o status do Chile.

"O Uruguai precisa encontrar uma maneira de fechar um acordo bilateral com os Estados Unidos", disse o ministro de Comércio uruguaio, Danilo Astori, ao jornal financeiro. "Nosso pequeno país está encurralado, um prisioneiro dos desejos coletivos do grupo, e isso está nos causando sérios danos."

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, desembarca nesta sexta à noite em Montevidéu, após iniciar sua visita a América Latina pelo Brasil.


É difícil avaliar qual o pior setor deste governo, mas certamente a política externa está entre eles. Depois de sermos humilhados pelo índio boliviano - inclusive militarmente; depois de engulirmos sucessivas limitações as nossas exportações impostas pela Argentina; depois de oferecermos o Mercosul para ser usado pelo Chavez como plataforma de divulgação das suas idéias canhestras; depois de termos nossa indústria devastada pelos falsificados chineses. Agora, é a vez do presidente do Uruguai dar o grande chute no trazeiro do Lula e do Celso Amorim. E lembrem que Lula esteve lá há poucos dias, mas entre o mercado americano e a ideologia sul-sul de Lula, o Uruguai já sabe para onde vai.

quinta-feira, 8 de março de 2007

O Ministério de Marta

Na tarde de ontem, Luís XIV do PT encontrou um ministério para Marta Suplicy. Acompanhemos sua verborréia em vermelho. Nós, em luto. Como de costume.

"Vamos fazer o combate à hipocrisia no País. Preservativo tem que ser doado e ensinado como usar. Sexo tem que ser feito e ensinado como fazer, somente assim teremos um País livre da aids";
-"Não tem como carimbar na testa de um adolescente quando é momento de começar a fazer sexo. Sexo é uma coisa que quase todo mundo gosta, é uma necessidade orgânica do ser humano, portanto o que nós precisamos fazer é ensinar";
-"É preciso melhorar a massa encefálica dentro do cérebro para as pessoas compreenderem que as mulheres devem ser respeitadas".

Lula é mesmo um orgulho nacional. Vejam quanta filosofia! Quanta sapiência! É um pensamento tão cheio de novidade, tão brilhante, tão magnânimo que fico me perguntando quanta massa encefálica nosso chefe de estado tem fora do seu cérebro! Como ele se jacta por conseguir produzir um pensamento que tem uma profundidade menor que a de um pires?!

Antes da entrevista, especulava-se que Marta fosse para o ministério da educação. Após a entrevista, ficou claro que seus préstismos serão utilizados no ministério da educação sexual - ainda a ser criado.

É mais um gol de placa do nosso presidente-filósofo. Gol que não ocorreria, caso sua própria mãe tivesse obtido acesso a estas sublimes informações, agora trazidas à luz da humanidade, pelo seu glorioso filho. Ah, se ela tivesse usado a camisinha! Quanta vergonha pouparia ao povo brasileiro!

Infelizes lembranças

O PIB foi pífio, óbvio, como de costume nesses 4 anos, vergonhoso!, “nunca se viu antes neste país”.

A Reforma Ministerial foi adiada de novo.

A inflação demonstrou-se controlada (enfatizo a inflação devido a decisão do COPOM).

O menino Hélio morto, ou melhor, assassinado. Tudo bem, dilacerado, espancado, ou mesmo, torturado (não na forma da lei, evidente), outros homicídios e latrocínios – sendo o culpado, a vítima (pois suas condições sociais provocam o banditismo como meio de vida) e a vítima, o culpado.

Congresso retornando às atividades.

Carnaval.

O Rainha, o MST (que não existe juridicamente) e a CUT invadindo terra em São Paulo e sendo tratados pelo Secretário de Segurança – que infelizmente não me recordo do nome.

A Previdência deixou de ser um rombo pelo Decreto do Bananeiro-Mor.

O Fundo partidário foi entregue aos nanicos e depois voltou para os gigantes (correto, em parte, pois ainda ficou injusto, no entanto ficou melhor que a decisão do Judiciário).

O “acordo” Brasil-Bolívia, com o Brasil perdendo mais uma para o “hermano” Evo, aliás, uma não, foram US$ 100.000.000,00 (cem milhões de dólares) por ano.

Enfim, estes foram os temas mais recorrentes na minha memória do noticiário de fevereiro. Agora só faltam 46 meses para o final do mandato.

quarta-feira, 7 de março de 2007

De Volta Para o Futuro

Convido os nossos leitores para uma viagem insólita. Façamos um exercício de imaginação para poder entender o que está acontecendo atualmente.

Estamos em março de 1999. O então presidente, Fernando Henrique Cardoso, ainda não nomeou seu novo ministério, pois não sabe como acomodar todos os ávidos companheiros do PSDB e do PFL - sedentos para se apoderar da máquina - nos 35 ministérios já existentes e estuda criar outros. Não se discutem programas nem idéias. A mídia se encarrega de mostrar o que os compatriotas querem no poder: cargos. Nunca foi tão explícita a ganância...

Os tempos são difíceis para FHC. O mundo encontra uma bonança internacional só vista na era do pós-guerra, mas o Brasil rasteja há quatro anos na rabeira do crescimento mundial, disputando "cabeça-pescoço" com o conflagrado Haiti.

Para sair do atoleiro, FHC tira da manga sua última carta - o PAC. Um plano de investimentos que não traz novos recursos para investimento; que prevê o uso do FGTS em obras estatais; que institui reajustes muito abaixo da inflação para os servidores pelos próximos dez anos; que não tem uma linha sobre agricultura...

O grande líder da esquerda (Luís Inácio Lula da Silva) concede uma entrevista ao vivo para o Jornal Nacional. Ameaça o presidente recém-eleito em alto em bom som:" Nós não permitiremos que este governo neoliberal se apodere de recursos sagrados dos trabalhadores. É um absurdo que as elites queiram aprovar uma lei congelando o salário dos servidores por dez anos, quando ele foi eleito para quatro."

Era exatamente o que os companheiros queriam ouvir. O PT se inflama como "nunca na história deste país". A CUT planeja uma greve geral para os próximos dias. O MST ameaça multiplicar as invasões. A UNE começa a mobilizar o exército de caras pintadas. O clima fica tenso. Os ânimos estão por demais exaltados.

Acuado com as ameaças de paralisação, FHC estuda outro projeto. Envia para o congresso uma proposta para limitar o direito de greve assegurado na carta magna. Enquanto isso, o presidente dos Estados Unidos planeja uma visita ao Brasil para comprar toneladas de álcool combustível.

Foi o último ato de FHC. A revista Carta Capital publica como matéria de capa: "FHC, o neoliberal tirano." No jornal da Band, Aloízio Mercadante comenta: "Não existe um centavo de dinheiro novo no piriPAC. Os salários serão achatados progressivamente nos próximos dez anos. Vamos perder a garantia de receber nosso FGTS. Até a desoneração de alguns impostos é para favorecer as elites. Pobre não compra computador."

A greve geral é marcada para o dia da visita do imperialista norte-americano. CUT, MST, PT, PSOL, UNE, OAB... Toda a sociedade organizada está revoltada. Em nova entrevista, Lula afirma: "Retirar o direito de greve é voltar ao tempo da ditadura. As elites planejavam há muito tempo esse golpe sobre os trabalhadores." Sobre a visita de Bush, não foi menos enfático: "O desejo da burguesia é transformar o Brasil num grande canavial, da mesma forma que éramos no século dezessete. Retirar o direito de greve é para facilitar o retorno do trabalho escravo. Não vamos cair sem lutar."

Devido ao clima de tensão, Bush adia a viagem ao Brasil. Revoltados com as perdas, os ruralistas unem-se à esquerda. Esposas dos militares protestam contra o congelamento dos salários dos maridos. Controladores de vôo iniciam nova "operação padrão"...

A greve geral já dura quinze dias. Faltam combustíveis, alimentos e remédios. Os telejornais mostram pessoas morrendo sem atendimento hospitalar. A polícia federal e a justiça estão de braços cruzados. O Brasil tem agora sua primeira guerra civil.

segunda-feira, 5 de março de 2007

O Espetáculo do Crescimento

Pelo G1

A carga tributária é quanto o governo arrecadou de impostos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB). Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), a carga tributária teria atingido 39,69% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2006, contra 38,41% do PIB em 2005. Com isso, foi batido novo recorde no ano passado.


E eu ainda pensava que o lunático se referia ao aumento do PIB... 40% de carga tributária...


Sem Luz no Fim do Túnel

É absolutamente compreensível a comoção popular causada pelo episódios bárbaros dos últimos tempos, no que tange à segurança dos indivíduos. Vozes levantam-se de todos os lados. Propostas pululam o noticiário a cada dia, com o que deveria ser reformulado, ou não: pena de morte; diminuição da maioridade penal; aumento das penas; cumprir as leis que já existem. A esquerda brasileira já cavou sua trincheira: para ela, nada deve ser feito e devemos aguardar a justiça social. Os cidadãos ficam divididos entre a emoção e a razão. Aposto meu dedo mindinho em que absolutamente nada vai mudar, mas analisemos o fato com mais frieza e distanciamento - o que é obviamente difícil.

Há alguns dias estive em Sapé - cidade de aproximadamente 50 mil pessoas, localizada no agreste paraibano, há 45km da capital (João Pessoa). Até onde eu saiba, o código de trânsito brasileiro vigora em Sapé da mesma forma que o faz na capital paraibana. O valor das multas e as pontuações pelas infrações não devem diferir em cidades afastadas por meros 45km. Ou seja: o tamanho da pena é o mesmo tanto aqui, quanto lá. Entretanto, em Sapé, motorista usando cinto de segurança e motoqueiro utilizando capacete é tão comum quanto nota de R$100,00 na calçada. Todos acham absolutamente normal e chegam a nos advertir de que, por aquelas bandas, não precisamos andar presos aos carros. Para que o leitor entenda a causa do fenômeno sapeense necessita-se de um dado: em 2006, ninguém foi multado em Sapé.

Aqui em João Pessoa, existem mais "amarelinhos" do que esquinas. Eles estão espalhados por todos os cantos. Só neste ano, já fui multado duas vezes por falar ao celular, enquanto dirijo... Rendi-me aos "amarelinhos". Desisti de falar ao celular. Outra observação interessante: os motoristas de Sapé utilizam cinto de segurança ao dirigir em João Pessoa!

O fenômeno sapeense serve de base para vários estudos sociológicos. É a verdadeira Galápagos nacional. Com dois neurônios funcionantes pode se chegar a uma conclusão óbvia: o que diminui o desrespeito à lei não é o tamanho da pena, é a certeza da punição.

Rudolph Giuliani nuca foi a Sapé nem a Galápagos, mas quando assumiu a cidade de Nova Iorque, em janeiro de 1994 tinha uma idéia na cabeça e uma prefeitura na mão. Para Rudy, mais punição era igual a menos criminalidade - política denominada de "tolerância zero". Com Giuliani como mayor os crimes em Nova Iorque decresceram 57 por cento. Só os assassinatos foram reduzidos em 65 por cento. A partir daí, o FBI considerou Nova Iorque a mais segura das grandes cidades norte-americanas. Passou a ser um modelo para outros burgos e viu crescer o número de turistas.

Rudy não fez a reforma agrária, não diminuiu o analfabetismo, não acabou com a desigualdade social em Nova Iorque, não se queixou da herança maldita, não concordou com o esquerdismo bocó de aceitar a violência como forma de sobrevivência. Rudy fez o óbvio: retirou dos bandidos o Eldorado que embala seus sonhos - a esperança de impunidade.

Não que eu seja contra a diminuição da desigualdade social. Nunca. Como você sonho com uma sociedade mais igualitária e fraterna, mas a cegueira petista em atribuir a violência à desigualdade, só faz misturar alhos com bugalhos e acender o motor da criminalidade com mais "esperanças de impunidade", pois enquanto procuramos culpar a nós mesmos (sociedade) pela violência, deixamos impunes os verdadeiros culpados.

No Brasil, se alguém comete um homicídio, o faz na esperança de não ser pego, mas se for preso, tem a esperança de um habeas corpus; se não for solto, tem a esperança de não ser condenado; se o for, tem a esperança de uma pena pequena; se pegar mais de 20 anos, tem a esperança de novo julgamento; se confirmada a sentença, tem a esperança de fugir da cadeia; se não conseguir, tem a esperança de cumprir apenas um sexto da pena em regime fechado...

O etanol da criminalidade é a esperança da impunidade.
Para os bons, enquanto houver governo petista, não há luz no fim do tunel. Esta se apagou depois de ter encontrado uma bala perdida.

Mais Uma Vítima da Falta de Reforma Agrária...


Pelo Estadão:

Uma menina de 1 ano e 8 meses de idade, Gabrielli Cristina Eichholz, foi encontrada morta na pia batismal de uma igreja adventista em Joinville (SC), por fiéis que participavam de um culto. De acordo com testemunhas, havia apenas alguns centímetros de água no tanque, o que afastaria a hipótese de afogamento.

A menina era filha de Juliarde Luiz Eichholz e Andréia Pereira, ambos com 26 anos. Eles têm outros dois filhos, com 5 e 2 anos.

A criança havia sido levada até o templo por um casal de primos. Gabrielli e outras crianças foram colocadas em uma pequena sala, de onde ela desapareceu.

Ao final da cerimônia, ao notar a ausência da garota, vários fiéis foram à sua procura, até que alguém entrou na sala de batismo e a encontrou dentro do tanque, que tem o tamanho aproximado de uma banheira comum.

Gabrielli foi levada para um hospital, mas chegou sem vida. Segundo informações não confirmadas, havia sinais de violência no corpo da criança. A polícia aguarda o laudo do IML.

P.S.: Antes de morrer, a pequena Gabrielli Cristina, de apenas um 1 ano e 8 meses, foi estuprada e estrangulada. É o que aponta o laudo necroscópico divulgado neste domingo.

Comparemos agora a realidade dos fatos com as análises filosóficas do nosso presidente:

"Muitas vezes a violência é questão de sobrevivência."

"Eles [criminosos] são o resultado de um momento longo em que o Estado brasileiro não cumpriu as suas funções."

"Nós não conseguimos alfabetizar no tempo certo, não conseguimos fazer a reforma agrária no tempo certo."


O lado bom da existência de Lula é o fato de economizar nossos neurônios para outras atividades que não a crítica política.

Se você está do lado dos cidadãos de bem, da liberdade e da democracia, tudo o que Lula disser, pode se colocar contra. Você estará no rumo certo.